domingo, 26 de dezembro de 2010

Mude!

Mude. De cabelo, de estilo, de gostos, de trilha sonora, de cidade, de país, de mundo. Mude internamente e deixe que isso reflita para o seu exterior. Mude de sorriso, de olhar, de atitudes, de conceitos, de filosofia. Cresça, diminua, altere, não espere o tempo. Mude, porque se você não mudar seu 2011 vai ser igual, não adianta botar fé em mercúrio, vênus ou marte. Não espere que uma simples mudança de estação mude sua vida completamente.

E que venha 2011
Repleto de muita paz, amor, saúde, realizações e muitas felicidades
Feliz Ano Novo a todos!

sexta-feira, 3 de dezembro de 2010

estou feliz!!
apesar de não ter acontecido nada de tão especial assim
estou em paz comigo mesma! e isso pra mim já é o suficiente .
nada de sentimentos não correspondidos nem de angustia por não poder revelá-los.
estou bem assim! (pelo menos melho do que estava). á procura de um emprego e algo que me faça crescer
espero que vá disso pra melhor.
vivendo e vendo no que dá né?!!

Beijos a todos os mensageiros que estão seguindo

quarta-feira, 17 de novembro de 2010

Meu Aniversário




ontem, 16/11 foi meu 18° aniversário
té que enfim chegou

Agradeço à Deus por me conceder dias e momentos felizes.
O amor da minha família, o carinho e total compreensão das pessoas.
Dos amigos, a sincera amizade.

Peço à Deus que a esperança continue
sendo cultivada em meu coração.
Que minha crença e fé jamais sejam abaladas.
Que meus sonhos não desvaneçam.
Que meu sorriso jamais se apague.
Que minha alma menina continue amando
as flores e os passarinhos.
E que eu possa no ano vindouro,
parabenizar-me novamente.
Afinal, Deus concedeu-me mais um
ano de vida e de alegria.

ENTÃO DAMARIS, PARABÉNS!!!
FELIZ ANIVERSÁRIO PRA MIM!!!
AFINAL EU MEREÇO!!!

domingo, 14 de novembro de 2010

Tenho saído bastante,conhecido gente nova, dado espaço a novos sentimentos
e estou me sentindo bem!
meu niver tá chegando, e junto com a maioridade diversas responsabilidades a mais a serem somadas em minha vida
expectativas (...)
saudades dos meus pais que estão longe!
vontade de viver um grande amor! de me realiza! de ser feliz ...

sentimentos diversos
tudo junto e misturado

sexta-feira, 29 de outubro de 2010

Virando a Página



È hora de recomeçar
de reiniciar, de pensar na luz.
De encontrar prazer nas coisas simples de novo (...)
Fiz uma faxina mental. Joguei fora tudo que me prendia aquele passado. Ao mundinho de coisas tristes, Fotos, Peças de roupa, papel de bala,Ingressos de cinema, bilhetes de viagens... E toda aquela tranqueira que guardamos quando nos julgamos apaixonados
Agora, depois de tanto tempo, consigo me ver pronta para a vida novamente e quem sabe assim para um novo amor.

segunda-feira, 11 de outubro de 2010

NÃO QUERO MAIS GOSTAR DE VOCÊ

Eu acho que não quero mais gostar de você. Gostar de você as escondidas tem se tornado tarefa difícil demais.
Vai ser muito mais fácil seguir minha vida sozinha do que ter que encarar a todos esses obstáculos sem obter nenhum resultado.
Não quero mais ficar me punindo por não ser boa o suficiente pra vc. Não quero mais esse desequilíbrio. Não quero mais te admirar tanto e não quero mais gostar de vc
Estou sofrendo muito sim, e no fundo vc sabe tanto quanto eu o quanto eu ainda te quero e desejo ao meu lado.
Mas é bem melhor te vendo correndo pra longe do que empacado na minha vida!!

Essa abstinência uma hora vai passar e eu vou ficar bem
‘’eu acho’’

sábado, 2 de outubro de 2010

Me Esquece

Esquece tudo que aconteceu, esquece tudo que a gente passou, esquece quem eu sou... Esquece que por você eu chorei que por você eu sofri. Esquece que eu só quis o teu bem, mesmo que não fosse ao meu lado, mesmo que eu não fosse feliz. Esquece que eu tentei te proteger, que nos meus sonhos quem mais aparecia era você, e que o meu maior desejo, por incrível que pareça era te ter.
Esquece que eu já te fiz sorrir, que com você eu fui feliz, e que era por você que eu respirava. Esquece dos nossos beijos, esquece daqueles telefonemas, esquece que mesmo só de te ver meu coração disparava, que no seu olhar eu me perdia e que a sua boca eu desejava. Esquece do meu jeito, da minha postura, do meu humor. De tudo que um dia eu já te disse, e de tudo que eu nunca tive coragem de dizer. Esquece que no fundo eu tentei te fazer feliz, e tentei te amar mesmo sem você me amar. E que sem você a minha vida parece um mar sem peixes, um universo sem estrelas. Era você que brilhava pra mim, que com seu sorriso me encantava, e que fazia valer a pena viver. Esquece tudo isso que eu te digo pra esquecer. Mas agora lembra
Lembra que eu já te deixei triste, que eu já te machuquei, apesar de só querer teu bem. Lembra que eu fui só mais uma pra você, que diferença alguma eu fiz na sua vida. Lembra que por mim talvez você nunca se apaixonou, talvez nem de mim gostou. Lembra que eu te conquistei. E agora esquece de novo. Esquece que você ta com outra . Esquece completamente de mim, de quem eu já fui na sua vida e nunca mais serei.
Esquece do meu rosto, dos meus olhos, do meu cabelo, do meu corpo perto do seu,da minha boca junta a sua. Esquece simplesmente quem eu sou, e que um dia eu já existi pra você. Mas se depois de tudo isso, se você ainda não quiser me esquecer então volta.
Volta pra mim, por que eu ainda não esqueci você e nem vou. Volta pois eu quero você e sempre vou querer.
Caso contrário, esquece..."

domingo, 19 de setembro de 2010




Ego inflado é a pior coisa que existe…a gente fica indignada, mas continua assoprando, e aí quando eles voam, a gente reclama.

quarta-feira, 8 de setembro de 2010

Parabéns Mãe!

Hoje, 09/09 é o aniversário da minha mãe, que completa 59 anos, e eu não poderei abraça-lá como gostaria.
Queria muito poder estar junto a ela nessa data tão especial, mais terei que me contentar com apenas um telefonema.
Sei que por diversas veses quando ainda moravamos juntas errei como filha e não dei o devido valor que ela sempre mereceu.
Podia ter aproveitado mais o tempo em que passamos juntas, ter valorizado mais, elogiado mais, demonstrado mais amor, perdoado mais e cobrado menos.
Sei também que não adianta nada ficar aqui me lamentando, mais é que dói muito saber que perdi muito tempo pra reconhecer o quanto ela é importante pra mim.
Mesmo com esse meu genio difícil, ela nunca desistiu de mim, sempre perdoou minhas ignorâncias e me amou incondicionalmente mesmo assim! mais eu não consigo me perdoar (...)
Estou com muitas saudades! dos mimos, beijos, abraços e até mesmo das broncas.

Que Deus continue a abençoando, e que dos céus á enviem sempre tudo de mais maravilhoso que puderem.
Que essa data se repita por mais muitos e muitos anos, e que eu saiba valorizar e retribuir o amor dessa pessoa tão maravilhosa que Deus me deu.

- Amo vc mãe!

quinta-feira, 2 de setembro de 2010

Máscaras

Não sei por que escondemos nossos sentimentos, deveríamos ser sinceros com nós mesmos, deveríamos colocar para fora tudo que sentimos, para nada se acumular dentro de nós. Você me engana, nunca sei se o que você está falando e fazendo, é o que realmente você quer. Ainda não sei por que nos enganamos uns aos outros fingindo ser o que não somos.

segunda-feira, 23 de agosto de 2010

Não sei o que será no futuro, mais te quero comigo sempre

eu queria te ter pra sempre comigo mais sei que pedir isso seria muito egoismo de minha parte , então eu só pesso uma coisa , nunca se esqueça que em algum lugar do mundo existe uma pessoa que vive só por você respirar.

terça-feira, 10 de agosto de 2010

alguém me ensina ?

a dias não venho aqui, e hoje vim com a intenção de falar dos meus sentimentos e das minhas atitudes em relação a estes (complexo ein?!), mais me deparei com um pensamento de Mário Quintana, o qual se encaixou perfeitamente a minha situação.
''Somos donos de nossos atos,mas não donos de nossos sentimentos;Somos culpados pelo que fazemos,mas não somos culpados pelo que sentimos; Podemos prometer atos, mas não podemos prometer sentimentos...Atos sao pássaros engailoados, sentimentos são passaros em vôo. ''

ultimamente tenho deixado a razão de lado a agido somente com o coração!
é proibido, é insano, amedronta, mais eu insisto em continuar
vezes me julgo, outras me admiro pela coragem (...)
mais pouco importa se o julgo é como certo ou errado
a verdade é que eu não aprendi a ser feliz sem perder a razão!
alguém me ensina? =/

segunda-feira, 26 de julho de 2010

Egoísta, Eu ??

to cansada desse estereótipo de que mulher tem que ser boazinha e compreensiva! é bobagem e só serve para nos deixar com ainda mais remorso quando nos recusamos a fazer algo para alguém. Quero mais é que 'silasque' quem pensa assim, eu não sou boazinha como pareço e não tento enganar ninguém.
o que há de errado em querer o melhor pra si mesmo? - sinceramente não sei
tenho um grau considerável de egoismo sim!! mais todo mundo tem!
sempre estive em primeiro lugar na minha lista de prioridades e nem por isso deixo de ajudar o meu próximo. desde que eu não tenha que abrir mão sempre em beneficio de outras pessoas, tudo bem.

meu bem-estar depende das decisões que eu tomar, nem que para isso eu desagrade alguém, afinal, tenho consciência de que não conseguirei agradar todo mundo o tempo todo.


PS: não adianta se fazer de vitima pq vc é tão egoista quanto eu! até mais eu diria.

se gostar de vc significa ter que estar sempre a sua disposição pra te realizar e satisfazer, deixando de lado as minhas vontades pra viver a sua maneira, então me desculpe

porque eu não gosto de vc!! sou mais eu!!

se não te trato com prioridade é porque vc não merece!! não mesmo!

terça-feira, 20 de julho de 2010

vocês não entenderiam

ah!! to tão confusa
não sei o que eu quero da vida
não sei o que eu quero de mim
e também não sei o que eu quero dos outros!

'' já não tenho mais a certeza daquilo que por diversas vezes desejei''
tenho medo de tomar decisões e depois me arrepender!
medo de que isso acabe afastando algumas pessoas especiais de mim. até mesmo pq elas não entenderiam (nem perdoariam) tamanha mudança repentina.

(gostaria de me entender pelo menos por um instante(...))

Bom, eu não vou ficar aqui detalhando minhas complexidades
deixa pra lá, vcs não entenderiam!'

quinta-feira, 15 de julho de 2010

Perdi

Estou perdendo o encanto que eu tinha por você! Seus olhos já não são tão misteriosos assim, um pouco de toda aquela beleza sua se foi. Sua voz não me intimida mais, acostumei. Virou rotina. acho que me enganei né?! achava que você seria tudo que eu sempre sonhei (...)

terça-feira, 13 de julho de 2010

14/07/1985 O dia em que nasceu um anjo, o meu anjo!


Existe tanta coisa que eu gostaria de poder celebrar juntamente com você no seu aniversário, mais infelizmente não posso como gostaria (...)
você não sabe o quanto eu sofro e seguro o choro sabendo que muitas outras pessoas irão te ver, que vao correr atráz de vc, e só eu não vou te ver nesse dia tão especial (...) Dói muito saber que não estou do seu lado, que não posso te abraçar e dizer tudo que sempre quiz
vida injusta né?! mais fazê o que?

é muito bom te ter em minha vida (...)
Seu sorriso escandaloso e caroloso, seu jeitinho meigo, sempre dedicando seu tempo a mim, me ensinando e ajudando a crescer
mesmo distante você me faz muito feliz leonardo! como raramente me sinto.

Me orgulho muito de gostar de você, e agradeço a Deus por você estar ai, mesmo tão longe de mim
porque vc me dá forças, mesmo sem perceber, me levanta e me faz lutar pelos meus sonhos
é vc meu negro anjo de alva alma



Espero que nesse dia tão especial, você esteja cercado de pessoas iluminadas quinem você, que o seu sorriso, os teus olhos e a tua emoção sejam a fonte de luz, essa mesma luz que me faz te amar, te admirar, e acreditar que tudo pode ser real. Porque você me mostrou isso. E que nessa vida cheia de incertezas, e alguma vezes certezas, nós dois, tanto eu quanto você, sigamos cumprindo nossos sonhos, movidos pelo sentimento, pelo coração. E que ao alcançar, o brilho dos olhos, o sorriso nos lábios, e as palavras doces, nunca vão embora.




O meu único desejo é que você continue sempre assim, exatamente como é.Que os céus te enviem sempre tudo de mais maravilhoso que puderem! Que Deus sempre te abençõe da maneira incrível, pois é você que abençoa a minha vidinha. vc tem um coração sempre aberto para dar e receber amor. e eu só preciso que você exista para que a minha alma se sinta completa. Obrigada, Obrigada por existir!
FELIZ ANIVERSÁRIO LÉO!


segunda-feira, 5 de julho de 2010

Mais do mesmo

"E vai começar tudo de novo só porque acabou.
Ponto final é tanta continuação que vira três
pontos finais..."


É o resumo de tudo o que acontece na minha vida... Das pessoas que nunca passam, das pessoas que ficam. As fábricas que faliram e as que continuam aí, até hoje. A gente vai resistindo ao tempo, mas o tempo sempre fica... Um dia a gente parte, e ele continua ali, passando, ficando...


"Durante algum tempo fiz coisas antigas como chorar e sentir saudade da maneira mais humana possível: fiz coisas antigas e humanas como se elas me solucionassem. Não solucionaram."

terça-feira, 29 de junho de 2010

"Para tornar a realidade suportável, todos temos de cultivar em nós certas pequenas loucuras"

Essa frase resume muito do que eu queria dizer, uma vez que, essas (as loucuras) são pra mim os ápices da minha vida...minha total distração...e por mais efêmeros que sejam os momentos vividos assim, creio que são os momentos que realmente me sinto viva.

quinta-feira, 24 de junho de 2010

É fácil recriminar, mas…

Será que somos tão perfeitos a ponto de só enxergarmos problemas nos outros? Será que somos realmente honestos ou é pura hipocrisia, apenas aparência?

Estava conversando com uma parente e ela me fazia ciriticas horrivei sobre alguns amigos meus e suas atitudes.
A conversa que quase virou discusão fluiu e depois de ter dito tudo o que penso fui deitar, mas aquela conversa não me saia da mente.

Somos imperfeitos e muitas vezes julgados pelos outros (...)
É ridículo de ver! tem muita gente no mundo que se acha a “última bolacha do pacote”. Eu sempre digo que a última sempre é esfarelada e amassada.(e o pior de tudo é que é verdade!)
Desde pequena meus pais me ensinaram que o mesmo julgo que julgamos os outros, seremos julgados.

'È muito facil julgar as pessoas que estão sendo expostas pelas circunstâncias. Díficil é encontrar e refletir sobre seus erros, ou tentar fazer diferente algo que já fez muito errado. E é assim que perdemos pessoas especiais.
'

- Podemos pensar o que quisermos sobre as pessoas, ma isso não irá tranformá-las!!



sábado, 19 de junho de 2010

Reviver

Foi tão bom te reencontrar novemente depois de tanto tempo sem te ver. Sentir sua presença de novo me fez sorrir hoje o dia todo. Na minha mente fica uma enorme confusão de cenas que me fazem flutuar. As imagens que tenho de quando estávamos juntos se misturam á imaginação de como será nosso próximo encontro.
Não queria, mas estou ansiosa pelo dia em que terei seu corpo sobre o meu novamente.

quarta-feira, 16 de junho de 2010

Foi tão bom ouvir sua voz ao telefone novamente. O seu jeito carinhoso de me chamar de Gata. Essa voz que me arrepia. A saudade já nem cabia mais dentro de mim. Conversando com você tive vontade de reviver tudo novamente com mais intensidade.

'♪ e quanto mais eu finjo tentar te esquecer, mais eu percebo que goto de você!
agora é muito tarde pra voltar atrás.
odeio admitir a falta que você me faz'♪

domingo, 13 de junho de 2010

uma tristeza que parece nunca ter fim e
vazio que nada preenche [...]
porque nada parece fazer sentido e minha vidinha ta uma merda!!
to muito sentida pela perda da minha avó, to chateada com algumas pessoas que agiram de má fé comigo, e to com muita, mas muita saudades do meu 'ex'.
ando muito sentimental de uns meses pra cá.
tenho chorado muito, o coração ta vazio e apertado!
não sei mais o que fazer!
vidinha sem graça, sem sentido.
vivo de recordações, a lembrar de todos os sorrisos, beijos e abraços
daquele olhar que me iluminava, daquela mãozinha boba que percorria meu corpo, aquela pele negra, linda e macia que eu tanto gosto.
como esquecer? esta presente em todos os lugares, esta em mim! dentro do meu coração!
por onde quer que eu vá, sempre haverá um detalhe, uma coisinha que me faça lembrar do quanto ele foi e ainda é especial pra mim.
por mais que eu tente esquecer, não consigo. E tenho muito medo! de perder aquilo que nunca me pertenceu.

sexta-feira, 11 de junho de 2010

descance em paz vó 'Julia Rodrigues porto'

Luto

triste! minha vó faleceu ontem, todo mundo arrazado e meu pai coitado, até mal passou. mas foi melhor assim! ela tava sofrendo muito e os médicos disseram que ela não teria melhoras nunca pois o derrame afetou os dois lados do cerebro.

é um sentimento muito ruim ver nossos familiares sofrendo ser podermos estar junto para confortar, não que eu também não sofra, mas acredito que a vida não acaba quando nossa matéria morre, claro que acreditar nisso também não nos conforta em todo, porque a pessoa querida que se foi já não mais estará entre nós.
Eu sempre digo que o meu maior medo é o da "morte", não da minha propriamente, mas das pessoas que amo, porque quem morre não sente nada, mas quem fica sofre muito, e a dor em muitos casos é tão grande, diria que uma dor quase física.

Ela era uma pessoa muito boa e que se preocupava com todos aqueles que estavam a sua volta, sendo ou não da família. Tinha seus defeitos mas nada que tirasse o jeito brincalhão de ser que tinha e fazia questão de ter.

Eu só quero acreditar que 'Ninguém morre, enquanto vive no coração de quem ama.'

sexta-feira, 4 de junho de 2010

Dar não é fazer amor














Dar é dar.

Fazer amor é lindo, é sublime, é encantador, é esplêndido.

Mas dar é bom pra cacete.

Dar é aquela coisa que alguém te puxa os cabelos da nuca…

Te chama de nomes que eu não escreveria…

Não te vira com delicadeza…

Não sente vergonha de ritmos animais. Dar é bom.

Melhor do que dar, só dar por dar.

Dar sem querer casar….

Sem querer apresentar pra mãe…

Sem querer dar o primeiro abraço no Ano Novo.

Dar porque o cara te esquenta a coluna vertebral…

Te amolece o gingado…

Te molha o instinto.

Dar porque a vida é estressante e dar relaxa.

Dar porque se você não der para ele hoje, vai dar amanhã, ou depois de amanhã.

Tem pessoas que você vai acabar dando, não tem jeito.

Dar sem esperar ouvir promessas, sem esperar ouvir carinhos, sem

esperar ouvir futuro.

Dar é bom, na hora.

Durante um mês.

Para os mais desavisados, talvez anos.

Mas dar é dar demais e ficar vazio.

Dar é não ganhar.

É não ganhar um eu te amo baixinho perdido no meio do escuro.

É não ganhar uma mão no ombro quando o caos da cidade parece querer te abduzir.

É não ter alguém pra querer casar, para apresentar pra mãe, pra dar

o primeiro abraço de Ano Novo e pra falar:

“Que que cê acha amor?”.

É não ter companhia garantida para viajar.

É não ter para quem ligar quando recebe uma boa notícia.

Dar é não querer dormir encaixadinho…

É não ter alguém para ouvir seus dengos…

Mas dar é inevitável, dê mesmo, dê sempre, dê muito.

Mas dê mais ainda, muito mais do que qualquer coisa, uma chance ao amor.

Esse sim é o maior tesão.

Esse sim relaxa, cura o mau humor, ameniza todas as crises e faz você flutuar


''Tati Bernardi''

quarta-feira, 26 de maio de 2010

Definitivamente, não, melhor não.



Amor não se pede,é uma pena.
É uma pena correr com pulinhos enganados de felicidade e levar uma rasteira.
É uma pena ter o coração inchado de amar sozinha, olhos inchados de amar sozinha. Um
semblante altista de quem constrói sozinho sonhos.

Ah,sejamos sinceras mulheres modernas: no fundo, no fundo, a gente quer mesmo é alguém pra dormir protegida no peito (de preferência largo, forte e levemente cabeludo).
E nem é medo de ficar pra titia não, além de ser bem nova,eu sou filha única. É vontade de sentir aquela coisinha misteriosa de "é esse!". Como será sentir isso? Eu sempre sinto que "pode ser esse, ou talvez com algumas mudancinhas possa ser esse ou talvez se ele quisesse, poderia ser esse...".


terça-feira, 18 de maio de 2010



"Nem tudo precisa ser explicado
pois nem tudo tem explicação
simples assim"

quarta-feira, 12 de maio de 2010

você ama, mas ...

Não é o tempo inteiro que você ama quem você ama. Há intervalos, pausas, preguiças. Às vezes você passa um tempo sem amar quem você ama. Mas basta um perigo, uma doença, um assédio para você despertar para o seu amor, como de uma cochilada.

Nada a ver com desinteresse. Às vezes quem você ama faz alguma coisa que não é legal, que mexe com você, como uma palavra num tom errado, mas é coisa pequena, não vale a pena cobrar. Fica aquela preguiça, corpo mole. Beija, mas não é aquele beijo.

Outras vezes você acha que o seu amor falhou com você. Ou porque se esqueceu do seu aniversário, ou porque não ligou o dia inteiro, ou porque ligou o dia inteiro, ou porque passa tempo demais na internet, ou com fones nos ouvidos, desligado de você. Então você se permite um tempo para descansar um pouco do seu amor. Acha que está dando mais do que recebendo, e com isso tem deixado de fazer coisas, suas coisas. Aproveita o tempo para responder a e-mails acumulados, enviar fotos que ficou devendo, lavar o carro, copiar a chave perdida, levar o cão para um banho e tosa, pagar uma visita, levar aquele sapato para o conserto, talvez pedalar no parque. É gostoso esse tempo em que você não ama quem você ama, é quase como um fim de semana prolongado, sem viajar.

Tem horas em que você não se lembra de que está amando quem você ama, com tanta coisa para fazer disputando espaço na sua cabeça: trabalho, vestibular, currículo, entrevista, negócio, mãe, escola, compromissos – e se distrai. Nessas horas você não está amando quem você ama. Não são falhas, são intervalos.

Chega um dia em que você precisa receber mais atenção de quem você ama, está carente, hipersensível, e não recebe. Em resposta, você dá uma recuada. Ou tem dia em que você está muito a fim e não coincide, e aí você recolhe a mão curiosa. Ou quer carinho e a mão não chega. Você vai para dentro da sua concha e deixa de amar quem você ama por um tempo variável de minutos a dias.

Pode acontecer uma vacilada. Não é que você não esteja mais amando quem você ama, é só um vacilo. Por exemplo, encontra casualmente uma paquera dos tempos de faculdade, ou uma paixão do colégio, aquela coisa que não chegou a ser, e alonga a conversa, fica testando se a outra parte desencanou total como você ou se guardou alguma coisa, é mais vaidade do que curiosidade, você fica tentando captar algum sinal, nem sabe se teria coragem, e nada acontece, e se despedem, e você passa uns dias com aquela imagem voltando... – e nos momentos dessa inquietação nostálgica você não está se lembrando de que ama mesmo é quem você ama.

Chuva, quando se está só, também deixa a gente precisando. Em caso de viagem, chega a doer, e você percebe que é saudade de abraço, da coisa física que é o abraço, impessoal de tão abraço. Nesse momento animal você nem está amando quem você ama, aquela coisa é só você, solidão.

É exaustivo manter a corda do amor esticada o tempo todo, e você descansa o braço para relaxar. Não é desamor, é uma pausa para beber água – mas já pensou se aquela bandida ou aquele bandido passa numa hora frágil dessas? São coisas que acontecem ao longo de um amor, e o momento passa sem bandidos, que apenas riscam a paisagem e somem como pássaros.

Não é sempre que você ama quem você ama, mas, quando se dá conta, já passou uma vida inteira amando quem você ama.

domingo, 9 de maio de 2010

eu gosto é do estrago ...

Somos iguais aos animais, em que as mesmas coisas terríveis podem acontecer a eles e a nós. Mas somos diferentes deles porque eles só sofrem como se deve sofrer, isto é, quando o terrível acontece. E nós, tolos, sofremos sem que ele tenha acontecido. Sofremos imaginando o terrível. O medo é a presença do terrível-não-acontecido, se apossando das nossas vidas. Ele pode acontecer? Pode. Mas ainda não aconteceu e nem se sabe se acontecerá.
Curioso: nós, humanos, somos os únicos animais a ter prazer no medo. A colina suave não seduz o alpinista. Ele quer o perigo dos abismos, o calafrio das neves, a sensação de solidão. A terra firme, tão segura, tão sem medo, tão monótona! Mas é o mar sem fim que nos chama: “A solidez da terra, monótona, parece-nos fraca ilusão. Queremos a ilusão do grande mar, multiplicada em suas malhas de perigo...“ (Cecília Meireles)
Quem, por medo do terrível, prefere o caminho prudente de fugir do risco, já nesse ato estará morto. Porque o medo lhe terá roubado aquilo que de mais precioso existe na vida humana: a capacidade de se arriscar para viver o que se ama.

domingo, 2 de maio de 2010

Definitivo

Definitivo, como tudo o que é simples.
Nossa dor não advém das coisas vividas,
mas das coisas que foram sonhadas e não se cumpriram.

Sofremos por quê? Porque automaticamente esquecemos
o que foi desfrutado e passamos a sofrer pelas nossas projeções
irrealizadas, por todas as cidades que gostaríamos de ter conhecido ao lado
do nosso amor e não conhecemos, por todos os shows e livros e silêncios que
gostaríamos de ter compartilhado,
e não compartilhamos.
Por todos os beijos cancelados, pela eternidade.

Sofremos não porque nosso trabalho é desgastante e paga pouco, mas por todas
as horas livres que deixamos de ter para ir ao cinema, para conversar com um
amigo, para nadar, para namorar.

Sofremos não porque nossa mãe é impaciente conosco, mas por todos os
momentos em que poderíamos estar confidenciando a ela nossas mais profundas
angústias se ela estivesse interessada em nos compreender.

Sofremos não porque nosso time perdeu, mas pela euforia sufocada.

Sofremos não porque envelhecemos, mas porque o futuro está sendo
confiscado de nós, impedindo assim que mil aventuras nos aconteçam,
todas aquelas com as quais sonhamos e nunca chegamos a experimentar.

Por que sofremos tanto por amor?
O certo seria a gente não sofrer, apenas agradecer por termos conhecido uma
pessoa tão bacana, que gerou em nós um sentimento intenso e que nos fez
companhia por um tempo razoável,um tempo feliz.

Como aliviar a dor do que não foi vivido? A resposta é simples como um
verso:

Se iludindo menos e vivendo mais!!!
A cada dia que vivo, mais me convenço de que o desperdício da vida
está no amor que não damos, nas forças que não usamos,
na prudência egoísta que nada arrisca, e que, esquivando-se do
sofrimento,perdemos também a felicidade.

A dor é inevitável.
O sofrimento é opcional...

segunda-feira, 26 de abril de 2010

só porque hoje é o aniversário dele

Ah, falar do Wagner é meio complicado.
Não é aquela pessoa que possa dizer "Nossa, como ele é super do bem", porque ele quando quer, sabe ser maaaal. Mas também sabe ouvir, sabe entender... e apesar dos pesares, sabe encarar a vida de maneira feliz e isso alegra a vida de muita gente. É o cara que me faz feliz com um olhar,um gesto, um sorriso, uma palavra ( mesmo que seja besteira ¬¬). E o mais importante de todos, sabe ser amigo,namorado,amante,companheiro...
E é por isso que hoje eu escrevo um pouco mais aqui, ele merece toda e qualquer homenagem, da mínima a máxima. E apesar de poucas palavras eu estou aqui para dizer o quanto ele é importante e especial para mim.
Que papai to céu te proteja sempre
e que sua vida seja repleta de muitas realizações e felicidades !!

quarta-feira, 21 de abril de 2010

Meu coração dispara e eu não consigo me conter

Como foi bom hoje, poder te abraçar, estava precisando demais do teu abraço, do teu sorriso [...]

O coração disparou rsrs

Quando eu te tenho aqui meu mundo fica em paz.

Quando você se jogou em cima de mim? haha eu quase morro wagner , você não pode fazer isso comigo, sabe que não te resisto

Você me deixa sem ação. Não posso esconder que te quero.
Você é o caminho dos meus passos, lado certo do errado, é cada pensamento solto que passa por mim, vai muito além do que as palavras podem dizer.

Confio cegamente em você. E tua presença já me faz bem, já me deixa feliz. E se algum dia você soubesse o quanto feliz você me faz a cada segundo, acho que se daria conta do porque eu gosto tanto de você assim.

Ás vezes é bom se expressar, mas que sejam pelos sentidos, mesmo que eles não sejam compartilhados com você. Você está lá, e eu estou aqui, só basta eu sorrir, involuntariamente com algo relacionado a você, que o meu coração dispara, e só assim, eu percebo, que as palavras realmente são inúteis. Eu posso escrever o texto mais lindo do mundo aqui, mas nunca nenhum texto, nenhuma palavra expressará tudo que eu sinto por ti, não chegará perto do que eu sinto.

Você é o responsável, pelas minhas mãos suarem, pelas palavras sumirem, por minhas pernas tremerem, pelo meu coração não se decidir em parar ou disparar.

domingo, 18 de abril de 2010

Respirar

Falta-me a vontade de dizer não.
Falta-me a vontade de ficar no chão.
Quero dizer-lhe que não será tudo em vão.
Queria sentir novamente o toque de sua mão.

Queria que tudo fosse mais fácil.
Não acho que simplesmente tudo se resolverá.
Queria somente poder lhe amar.
Poder lhe beijar.
Sinto que preciso de teu abraço...
Para respirar

segunda-feira, 12 de abril de 2010

Tô chateada

Eu não quero ter razão, não quero ter que entender tudo sempre.
Eu não preciso querer encontrar o amor da minha vida agora,
Não preciso me condicionar a nada no hoje...
Posso muito bem ir levando minha vida aos poucos...
Fazendo meus planinhos mais concretos...
Tô chateada... é... chateada sim...
Uma mágoa profunda!
Não preciso omitir o que se passa aqui dentro do meu coração,
Chateada por ter que tomar uma decisão,
um outro caminho, e do nada começo a sentir.... deixa pra lá!
e eu não queria sentir isso agora.
Tô chateada por quem eu deixei de amar..
Chateada por quem não me amou...
Chateada porque eu não consigo deixar meus amigos me ajudarem...
Chateada por pensar que às vezes pareço ser meio revoltada,egoísta, complicada, confusa e não saber o que fazer pra sair dessa.

quinta-feira, 8 de abril de 2010

Uma mulher fácil

Por Stella Florence
No livro: O Diabo Que Te Carregue!

Algumas das suas, digamos, conhecidas - a maioria, para falar a verdade - estão separadas. Por que conhecidas e não amigas? Porque elas não são amigas, e você gosta de dar nomes aos bois, mesmo que eles não sejam exatamente simpáticos.
Bem, lá está você no almoço de aniversário de uma dessas conhecidas, quando ouve o seguinte diálogo entre duas mulheres na faixa dos quarenta:
- Finalmente nós marcamos de nos encontrar.
- E aí? Como foi?
- Ai, foi maravilhoso! Nós saímos para jantar, depois ficamos conversando, eu disse tudo que estou procurando em um homem, ele concordou com tudo e depois me deixou em casa, sem aquela conversa cafajeste de "não vai me convidar para subir?"!
- Ah, jura? Que fofo!
- Superfofo! É o fim da picada esses caras que pensam que a gente é fácil!
- Nem me fala! Mas...e aí? Rolou beijo?
- Um selinho. Ai, eu amei o encontro. Será que ele é minha alma gêmea?
Se qualquer pessoa ou animal olhasse para sua cara naquele momento veria um gigante ponto de interrogação. Você sai da mesa - naquele conclave de doidas ninguém percebe sua ausência -, vai até o banheiro e se olha no espelho. O que você vê? O que?
Senhoras e senhores: uma mulher fácil! Sim, você é uma mulher fácil e se orgulha disso! É incrível como mulheres que já passaram, e muito, da adolescência se comportam como se fossem virginais, inocentes e retardadas moçoilas. Se você sair com um homem que te atrai e ele não sugerir, no mínimo, um amasso convincente depois do encontro, você ficará bastante decepcionada.
Qualé! Você não tem mais quinze anos para ficar de mãozinha dada no parque - embora isso possa ser interessante. É bonito ter desejo, é nobre assumir o desejo, é vitalizante saciar o desejo. E isso não tem nada a ver com ser agressiva: você é uma mulher carinhosa, é delicada e é fácil. Você é fácil para si mesma.
No entanto suas conhecidas tem um comportamento hipócrita, duplamente hipócrita: elas mentem para o outro e mentem para si mesmas. Um encontro cujo saldo é um selinho é algo satisfatório? Selinho a gente dá na Hebe, minha filha! E algum homem no mundo permanece interessante depois de ter sido classificado como "superfofo"?
Qualé! Se sua conhecida tivesse vergonha na cara, estaria chorando do papel de imbecil que fez. Você poderia dizer a ela: " Meu amor, seja uma mulher fácil! Seja fácil para os seus desejos, seja fácil para a suas necessidades, seja fácil para você mesma! Isso não significa sair por aí transando com todo mundo, mas sim aceitar seu desejo e, com responsabilidade, satisfazê-lo, a medida que ele for bom pra você. Você pode dizer não ou sim, contanto que seja você que diga isso, e não o senhor preconceito (seu e dos outros). Então, seja facil para sim mesma e seja feliz, mulher!"
Você começa a dar risada sozinha no banheiro. Ao voltar para mesa, percebe que as duas comadres continuam ainda falando do tal encontro. Com os ouvidos aguçados você pesca o chavão:
- Quando será que ele vai me ligar?
Você levanta os olhos para o céu e pensa em dizer: "Nunca" Ele não vai te ligar nunca porque saiu com uma mulher de quarenta e encontrou uma bozolina de doze."
Mas você sabe que seria inútil dizer qualquer coisa, por isso permanece calada. Ela, infelizmente, não é uma mulher fácil.

quinta-feira, 1 de abril de 2010

Inocente Desejo




Mais intenso que o meu medo
Mais forte que a minha razão.
Inexplicável desejo
Que apareceu repentinamente
Como uma estrela no céu a brilhar
Que encanta nossos olhos.
Inocência de um beijo,
Desejo de um sabor,
Um único momento desejado
Que enlouquece o coração.
O mundo se torna único,
Nada em volta está aos olhos
Apenas um desejo e nossas sombras.
Inocente Desejo
Que causa uma turbulência
nos sentidos
E uma coragem ao coração.
Arrepia o corpo todo
E transparece no olhar
O desejo daquele gesto.
Um único beijo,
Um desejo realizado...
Seria a calma para os sentidos
A tranqüilidade para o coração.
Desejo que percorre os pensamentos
E ultrapassa a razão.
Mas nada é perdido
Porque não é mais que um
Inocente Desejo

domingo, 28 de março de 2010

Minha vida traduzida em palavras

Polo - Fresno



Se eu te disser que foi difícil te esquecer
Seria o mesmo que dizer não sou capaz.
De me curar das surras que o mundo me dá,
de prosseguir deixar o que passou pra trás...

Eu devo desistir pra um dia ser feliz?
Ou devo resistir? Eu devo insistir?

Cantando e mais do que isso gritando
E às vezes até confessando que eu não sei amar
Pois sabendo, eu não estaria sofrendo
E ainda por cima escrevendo, ao invés de falar

Será que alguém já te fez chorar (Te fez chorar)
Mesmo sem ter proferido uma palavra?
E o que você fez? tentou lutar? (Tentou lutar)
Ou compôs uma canção indo pra casa

Eu devo desistir pra um dia ser feliz?
Ou devo resistir? (Não, não eu não vou desistir assim!)
Ou devo insistir? (Não, não eu não vou desistir!)

Cantando e mais do que isso gritando
E às vezes até confessando que eu não sei amar
Pois sabendo, eu não estaria sofrendo
E ainda por cima escrevendo, ao invés de falar

(Não, não eu não vou desistir assim) (3x)
Cantando e mais do que isso gritando
E às vezes até confessando que eu não sei amar
(Não, não eu não vou desistir assim) (3x)
Pois sabendo, eu não estaria sofrendo
E ainda por cima escrevendo, ao invés de falar

(Uoh uoh uoh)

Não, não eu não vou desistir assim (4x)

sexta-feira, 26 de março de 2010

A àrvore torta



Um dia, diante da velha árvore torta, um pinheiro todo vergado pelo tempo, o sábio da aldeia ofereceu a sua própria casa para aquele discípulo que “conseguisse ver o pinheiro na posição correta”.
Todos se aproximaram e ficaram pensando na possibilidade de ganhar a casa e o prestígio, mas como seria “enxergar o pinheiro na posição correta”? O mesmo era tão torto que a pessoa candidata ao prêmio teria que ser no mínimo contorcionista.
Ninguém ganhou o prêmio e o velho sábio explicou ao povo ansioso, que ver aquela árvore em sua posição correta era “vê-la como uma árvore torta”.
Só isso!
Nós temos em nós, esse jeito, essa mania de querer “consertar as coisas, as pessoas, e tudo mais” de acordo com a nossa visão pessoal. Quando olhamos para uma árvore torta é extremamente importante enxergá-la como árvore torta, sem querer endireitá-la, pois é assim que ela é. Se você tentar “endireitar” a velha árvore torta, ela vai rachar e morrer, por isso é fundamental aceitá-la como ela é.
Nos relacionamentos é comum um criar no outro expectativas próprias, esperar que o outro faça aquilo que ele “sonha” e não o que o outro pode oferecer. Sofremos antecipadamente por criarmos expectativas que não estão alcance dos outros.
Porque temos essa visão de “consertar” o que achamos errado.
Se tentássemos enxergar as coisas como elas realmente são, muito sofrimento seria poupado.
Os pais sofreriam menos com os seus filhos, pois conhecendo-os, não colocariam expectativas que são suas, na vida dos mesmos, gerando crianças doentes, frustradas, rebeldes e até vazias.
Tente, pelo menos tente, ver as pessoas como elas realmente são, pare de imaginar como elas deveriam ser, ou tentar consertá-las da maneira que você acha melhor. O torto pode ser a melhor forma de uma árvore crescer.
Não crie mais dificuldades no seu relacionamento, se vemos as coisas como elas são, muitos dos nossos problemas deixam de existir, sem mágoas, sem brigas, sem ressentimentos.
E para terminar, olhe para você mesmo com os “olhos de ver” e enxergue as possibilidades, as coisas que você ainda pode fazer e não fez. Pode ser que a sua árvore seja torta aos olhos das outras pessoas, mas pode ser a mais frutífera, a mais bonita, a mais perfumada da região, e isso, não depende de mais ninguém para acontecer, depende só de você.
Pense nisso!

segunda-feira, 22 de março de 2010

fim de semana tédio
sabado e domingo sem vê-lo,
nunca pensei que faria tanta falta assim, mas senti !!
não era pra ser assim, mas esse sentimento ta crescendo em mim
to meia perdida ...
a única certeza que tenho é que to amando tudo isso

domingo, 21 de março de 2010

Ou nos conformamos com a falta de algumas coisas na nossa vida ou lutamos para realizar todas
as nossas loucuras . . .

pensamentos luciana

quinta-feira, 18 de março de 2010

Nunca diga te amo se não te interessa. Nunca fale sobre sentimentos se estes não existem. Nunca toque numa vida se não pretende romper um coração. Nunca olhe nos olhos de alguém se não quiser vê-lo se derramar em lágrimas por causa de ti. A coisa mais cruel que alguém pode fazer é permitir que alguém se apaixone por você quando você não pretende fazer o mesmo.

quarta-feira, 10 de março de 2010

Mulher com TPM

Mulher é o ser mais misterioso e indecifravel que existe. Que as feministas não me ouçam (ou leiam ), mas devo admitir que vendo o lado dos outros personagens da história, seria injusto culpar os homens, porque pelo menos há o interesse em tentar nos entender, principalmente em determinadas fases do mês.
Nesses dias é torturante conciliar família, namoro, trabalho, tudo isso com muito equilíbrio e paz interior. Nem saberia enumerar todos os sintomas desses dias, resumindo, seria uma vontade incontrolável de sumir no mundo e só voltar quando esses sintomas físicos e emocionais desaparecessem. Manter diálogos nesses dias é arriscado, discutir relação nem pensar. De fato a TPM consegue afetar a todos personagens dessa história. compadeço-me desses pobres homens com suas mulheres com TPM... mas de fato ela altera nossas vidas, juro mesmo que não é frescura nossa.
Se servir de aviso, talvez seja melhor mesmo levantar a plaquinha sugerindo ''manter distância'' e evitar confrontos e temas polemicos nesses dias difíceis. Mas
acalmem-se ... são apenas alguns dias. Passando a tormenta, voltamos a nossa harmonia familiar e profissional. e fingimos nada ter acontecido, até que venha o próximo mês.

Eis algumas definições para TPM:

Todos os Problemas Misturados
Tendências a Pontapés e Murros
Temporada Proibida para Machos
Tocou, Perguntou, Morreu
Tente no Próximo Mês
Tô Pirada Mêrrmo
Tempo Pra Meditação
Tendência Para Matar
Tira as Patas, Moleque
Total Paranóia Mental


para refletir:
''Fácil é demonstrar raiva e inpaciência quando algo o deixa irritado. Difícil é expressar o seu amor a alguém que realmente te conhece, te respeita e te entende. E é assim que pedemos pessoas especiais''

Seguidores